Blog

Por Que Crianças Deveriam Estudar Latim?

In: BAUER, Susan W. e WISE, Jessie. The Well-Trained Mind. A Guide to Classical Education at Home. Tradução de Rafael Falcón. O original segue abaixo da tradução. Por que se importar com o latim? Trata-se, afinal, de uma “língua morta” (expressão pejorativa); não há literatura sendo produzida nela, ninguém a fala ou faz negócios por meio dela. Nós nos importamos por uma série de razões. O latim treina a mente para pensar de modo ordenado. A língua latina (já que está morta) é o idioma mais sistemático à nossa disposição. A disciplina de coordenar desinências e organizar a sintaxe (formas gramaticais) segundo conjuntos de regras é o equivalente mental de correr três quilômetros por dia. E, uma vez que o latim exige precisão, a mente latinizada acostuma-se a prestar atenção a detalhes – hábito que compensará especialmente quando for estudar matemática e ciências. O latim melhora a habilidade no inglês. A estrutura gramatical do inglês é baseada no latim, bem como cerca de 50% do vocabulário inglês. O aluno que entende como o latim funciona raramente será confundido por uma sintaxe inglesa mais complexa ou por palavras inglesas obscuras. Susan atribui parte de seus elevados resultados nos testes-padrão (740 no SAT verbal, 800 no GRE verbal) ao estudo do latim, que ela iniciou na terceira série. O latim prepara a criança para o estudo de outras línguas estrangeiras: francês, espanhol e italiano são todas aparentadas com o latim. Mesmo línguas não-latinas podem ser aprendidas mais facilmente se o latim já tiver sido estudado. A criança que já foi provada na sintaxe latina entende os conceitos de concordância, flexões nominais, conjugações verbais e gênero gramatical, não importa em que língua esses conceitos venham a aparecer. O latim protege da arrogância. O estudo desse idioma mostra ao jovem que seu mundo, sua língua, seu vocabulário e seu modo de expressão são apenas um jeito de viver e pensar – num mundo grande, tumultuado e complicado. O latim força o aluno a olhar para palavras e conceitos de um novo modo: O que esta palavra em latim quer dizer realmente? Esta palavra inglesa é uma boa tradução dela? A palavra latina não expressa algo que não possui equivalente em inglês? Isto revela um vão no meu próprio pensamento? Um idioma estrangeiro, como escreveu Neil Postman, “oferece-nos a entrada numa cosmovisão diferente da nossa própria… Se é importante que nossos jovens valorizem a diversidade de pontos de vista, não há melhor meio de atingi-lo que fazer-lhes aprender um idioma estrangeiro”. (The End of Education: Redefining the Value of Schools. New York: Knopf, 1995, p. 147) — […]

By | outubro 22nd, 2012|Blog|0 Comments

Conselhos para o Estudo do Latim

Tendo recebido uma mensagem de certa irmã carmelita, que me solicitava algum apoio para aprender o latim da liturgia de seu convento, e que não podia ter aulas particulares - já que vive em clausura - decidi gravar este pequeno vídeo para o benefício dos que não podem - ou não querem - estudar latim com um professor.

By | setembro 22nd, 2012|Blog|0 Comments

Quem discute com brasileiro, ofende um ausente

Absentem laedit, cum ebrio qui litigat. (Publilius Syrus, Sententiae)  Quem já presenciou ou participou de discussões com bêbados lembrar-se-á facilmente do que sentiu: frustração, angústia, desespero talvez. A depender do grau de embriaguez, o homem sequer ouve o que lhe é respondido, e treplica com frases aleatórias - em geral insultos injustificados. Os insultos podem [...]

By | julho 22nd, 2012|Blog|4 Comments

Esqueça o mandarim. O latim é a chave do sucesso

Texto original do The Spectator. Confessemos que encorajar crianças a aprender latim não parece a solução para nossa atual crise de competências. Por que desperdiçar valioso tempo de currículo numa língua morta quando as crianças poderiam aprender uma que é falada de verdade? A importância do latim em escolas públicas é uma manifestação daquela tradição [...]

By | julho 7th, 2012|Blog|3 Comments

Cultura e Anarquia: Doçura e Luz II

E a religião, o maior e mais importante dos esforços pelos quais a raça humana já manifestou seu impulso de aperfeiçoar-se - a religião, essa voz da experiência humana mais profunda - não apenas integra e sanciona o alvo que é o grande alvo da cultura, o alvo de direcionar a nós mesmos [...]

By | maio 14th, 2011|Blog|2 Comments

Cultura e Anarquia – Doçura e Luz

Os denegridores da cultura dizem que sua origem é a curiosidade; algumas vezes, de fato, dizem ser mera peculiaridade e vaidade. A cultura que supostamente se congratula de uma socagem de grego e latim é uma cultura que não se baseia em algo tão intelectual como curiosidade; é valorizada ou por completa vaidade [...]

By | maio 7th, 2011|Blog|2 Comments

Cultura e Anarquia – Introdução

Num de seus discursos, um tempo atrás, o bom orador e famoso liberal, Mr. Bright, usou a oportunidade para arrasar com os amigos e pregadores da cultura. "Gente que fala sobre o que eles chamam de cultura", disse ele com desprezo, "com o que eles querem dizer um apanhado de duas línguas mortas, [...]

By | abril 30th, 2011|Blog|2 Comments